Chantagista do Amor
© Marilena Trujillo

Sim... chantagista do amor... é o que ele é!...
Faz chantagem virá a mesa, chora por meu amor
e sempre ganha o que ele quer!...
Eu sempre boba no amor, como toda mulher...
Diz adeus... jura não mais voltar...
Me arrenpendo...
Também choro e que nada... ele ali está!...
Promete não ter ciúme, faz mil queixumes...
Nem percebo o seu jogo...
Embriagada com seu charme e seu perfume!...
Chantagista do amor... é o que ele é!...
Mais um dia que amanhece, sua cisma
me condena... ele desaparece...
Pinto e bordo, juro dessa vez não voltar!
Sua voz macia, diz me amar como uma prece...
Afinal o que ele quer?...
Chantagista do amor, é o que ele é!...
Ah... meu chantagista... moleque dengoso
e teimoso... aqui estou aos seus pés!...
Já perdida com o seu carinho e o seu beijo...
Chantagista do amor é o que você é!...
© Mary Trujillo
07.06.2003
 
Respeite os direitos autorais
 
 
 
 
Art  final & formatação by Mary Trujillo
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

VOLTAR