Dói!...
Marilena Trujillo
 


Dói na alma... ver tanta maldade.
Dói no coração... ver tanta hipocrisia.
Dói no corpo... ver tanta injustiça!
Dói demais viver um tempo bravio!
Dói muito ver tantos anjos feridos...
Tantas crianças maltratadas!
Dói, dói demais saber que
A corrupção povoa nosso mundo...
Que professores apanham
De alunos bandidos, vagabundos!
Que velhinhos são surrados por filhos
E netos... carrascos... imundos!
Dói, como dói... ver outros filhos
Por seus pais... violados...
Assistir a um crime em cada esquina,
Ver perder-se a menina.
Dói saber que o amor está morrendo,
Que esquecemos do "Senhor"...
Todos os ensinamentos.
Ouvir na Terra tantos gritos e lamentos.
Dói... dói ver jovens viciados...
Afundando na lama do desalento...
Morrendo, morrendo, feridos por dentro!
Culpados? - Há tantos... muitos...
Sabemos bem quem são!
Não podemos carregar
O pesado fardo da omissão!
Eles... são fortes e felizes...
O povo vive sempre à míngua,
Alimenta-se de grãos...
Eles? - Indiferentes a toda aflição!
Mas sabemos que do "Pai"...
Jamais terão perdão!
É preciso que façamos nossa parte
Para remir este mundo da desolação
A justiça de Deus é infalível...
Ninguém pode dela escapar...
Haverá então... ranger de dentes...
Todos terão que se prostrar...
Caírem de joelhos... lambendo o chão...
Sem misericórdia ou contemplação.
Serão todos... por fim...
Libertos de tanta dor e escravidão!

Mary Trujillo
06.06.2011
 
Respeite os direitos autorais
 
Não Autorizo Duetos
 
 
Canto Mágico de Marilena Trujillo
 
Blog
Sou Poesia... Mary Trujillo
 
Blog
Magia Cigana Mary Trujillo
 
"A Teia"
Blog
Mary Trujillo
 
Recanto das Letras
Mary Trujillo
 
AVSPE
Academia Virtual
Sala de Poetas & Escritores
 
 
Art & formatação by Mary Trujillo